Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




freakbook

por Closet, em 13.05.09

Tenho andado entretida com o Facebook...não é que seja propriamente fã da coisa, na boa verdade ainda não percebi bem para quê que aquilo serve, mas que começa a ficar...crowded..lá isso anda...

E como me acusam de nunca estar online, de não ter "actividade"...ora, ora,..subo até ao 8º andar todos os dias no trabalho...what else?? bom, ok, ok, lá fiz um quiz, lá postei "o que estou a pensar", comentei umas fotos,... e lá procurei amigos...

e não é que encontrei ??? brrr...aquilo está mesmo na moda, e até se vê quem se quer...e quem não se está à espera, whatever...

"Encontrei" (sim, porque aquilo é como se fosse ir a um café) um colega meu da faculdade que, por acaso, até vou encontrando de vez em quando, já que trabalha mesmo perto de mim. Mas temos horários diferentes e chegamos a estar meses sem nos vermos...na verdade, nestes últimos 11 anos apenas almoçámos 1 vez...shame on me! 

Este meu colega é assim meio artista, idealista, super inteligente.... admirava-o bastante, ele também gostava de mim e até costumavamos trocar poemas que gostavamos...

Na minha habitual nostalgia por tempos ídos, fui vasculhar o meu caderninho e não pude deixar de sorrir ao ler um dos poemas que me deu...é que começa mesmo bem...

"Quando fores velha

Quando fores velha, grizalha, vencida pelo sono,

Dormitanto junto à lareira, toma este livro,

Lê-o devagar, e sonha com o doce olhar

Que outrora tiveram teus olhos, e suas sombras profundas;

Muitos amaram os momentos do teu alegre encanto,

Muitos amaram essa beleza com falso ou sincero amor,

Mas apenas um homem amou tua alma peregrina,

E amou as mágoas do teu rosto que mudava;

Inclinada sobre o ferro incandescente,

Murmura, com alguma tristeza, como o amor te abandonou

E em largos passos galgou as montanhas

Escondendo o seu rosto numa imensidão de estrelas"

W.B.Yeats

 

Bom...e este era o mais simpático...havia outros, um começava por "Ele desejava que a sua amada estivesse morta (...)"...oh God...e eu ainda o convidei para almoçar...help me!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59


2 comentários

Imagem de perfil

De mafalda a 20.05.2009 às 11:19

"ele desejava que a sua amada estivesse morta"?????

envia-me esse poema, pleeeeeease!!!!

eu, no hi5, encontrei imensas pessoas que tinha "perdido"! é tão bom reencontrá-las ao fim de tanto tempo e perceber que estamos ligados (nem que seja por uma rede social da net)!
Imagem de perfil

De Closet a 21.05.2009 às 00:39

Mando-te amanhã o poema ;)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31