Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mr. Right

por Closet, em 13.04.09

Questiono-me muitas vezes se gostamos mesmo de uma pessoa ou da ideia que fazemos dela. É que são coisas diferentes.

Quantas vezes não demos por nós a pensar "que raio vi eu naquela criatura?". Faz parte.

O desejo que temos de encontrar o "príncipe perfeito" é tão avassalador que nos empurra para uma construção mental daquilo que julgamos ser a nossa alma gémea, materializando-a rapidamente num corpo. Pode ser o nosso vizinho do lado, o colega da faculdade, o amigo da amiga ou um parceiro de trabalho, whatever. Pode ser qualquer um, desde que encaixe tudo aquilo que nós idealizámos e que disfarce tudo o resto que não nos interessa, claro. O que ele gosta, o que não gosta, o que diz, o que pensa, o que quer da vida. Tudo o que queremos ver nele nós, indiscutíveis visionárias, vemos. E assim andamos felizes, sendo mesmo implacáveis nas primeiras escorregadelas comportamentais do Mr. Right: fechamos os olhos e tapamos os ouvidos "I don't care". Isto porque ainda estamos a gozar a ilusão paradisíaca de que o Mr. Right existe e, lucky us, ele até gosta de nós e está ao nosso lado.

But, as time goes by, as escorregadelas intensificam-se...o homem é todo ele uma nódoa negra e, nesse momento, percebemos que o Mr. Right Before já não é o Mr. Right Now e muito menos será o Mr. Right AfterOoh...we have a problem... Das duas uma. Ou nós mudámos e já não queremos hoje o que queríamos antes....o que, admito, é sempre uma boa hipótese nos tempos que correm. E lá vem o rótulo de nós, mulheres, nunca estarmos satisfeitas...Ou então o príncipe quebrou o verniz, é enfadonho e definitivamente tornou-se no Mr. Wrong.

É nesse preciso momento de inesperada lucidez que nem queremos acreditar que perdemos tanto tempo com aquela criatura-que-não-tem-nada-a-ver-connosco. No way! E ficamos iradas, com raiva, como é que ele nos conseguiu enganar tão bem???

Mas aí é que está o celeuma. Ele não nos enganou. Nós é que quisemos ser enganadas. E, por mais que nos custe admitir, ainda bem. Nunca é uma perda de tempo perseguir um sonho, personificar um desejo, criar um mito. Vale sempre a pena sentir o coração aos pulos só de o ver ao longe, as mãos a tremer, a voz a gaguejar e as palavras sairem baralhadas pelo bloqueio cerebral. Não somos de pedra, inanimadas. É sempre bom ter emoções, libertar endorfinas. No matter what. Estar apaixonado por alguém, ainda que fruto da nossa ilusão, vale sempre a pena. É que o Mr. Right só existe num limite temporal - Now.

 

publicado às 22:08


8 comentários

Sem imagem de perfil

De miúda a 14.04.2009 às 02:26

Mais uma vez direitinha ao ponto chave. Não é que o Mr. Right seja um sonho, nós é que como dizes encaixamos todos os pedacinhos que queremos naquele ser banal do sexo masculino! Mas que se lixe sabe sempre bem estar apaixonada, o coração palpita, o corpo estremece, um sorriso estupido estampado na cara... Ele não nos liga?! Ligamos nós, interessa é sentir e "curtir" esse sentimento até nos fazer sentir bem, depois procura-se outro, o que por ai não falta devem ser prototipos de homens candidatos a servir de base pa construção do Mr. Right ;p
beijinhos***
Imagem de perfil

De Closet a 14.04.2009 às 21:30

Olha que completaste bem o meu texto, eheh... protótipos de homens base para construção do Mr. Right está demais! E não é que há mesmo?? Aos magotes empilhados em prateleiras =D
beijinhos***
Imagem de perfil

De Lara a 14.04.2009 às 08:14

god... este texto é tao perfeito!
tens toda a razão... e acho que toda a gente passa por isto pelo menos uma vez.
A ânsia de encontrar "o tal" é tanta que acabamos por fechar os olhos ao que se nos afigura.
Quando acordamos, dói. Imenso até. Mas faz parte.
Tornan-nos mais fortes. E não nos deixa fechar os olhos mais uma vez.

A partir daí, podemos ser realmente felizes...=)

bjinhuu**
Imagem de perfil

De Closet a 14.04.2009 às 21:31

É mesmo. É preciso é não desistir ao primeiro desaire.. é na procura que está o gozo ;-) beijinhos
Sem imagem de perfil

De Miss M a 14.04.2009 às 11:24

Aí é que tá! Porque a paixão por vezes nos cega e só quando começamos a descobrir a pessoa e a perceber quem ela é realmente, é que a coisa evolui para o amor - se realmente ele corresponde ao que tinhamos idealizado (+-, claro!) ou não - se afinal era apenas uma ilusão e aí, mais vale dar a coisa por terminada.
Imagem de perfil

De Closet a 14.04.2009 às 21:34

Nem mais! Como eu costumo dizer "case closed" e é partir para outra sem perder mais tempo!
Imagem de perfil

De mafalda a 15.04.2009 às 14:44

sim senhora, que grande texto! e eu sublinho cada palavra!
não existe um mr. right! existem muitos (alguns, vá) mr. right porque, no momento, todos eles nos parecem muito certos... até que deixam de o ser!
como diz uma amiga minha: o príncipe encantado tem sempre uma bruxa malvada atrás ;)
beijinhos.
Imagem de perfil

De Closet a 15.04.2009 às 22:29

e como diz um amigo meu, em todas as histórias elas apaixonam-se e casam-se por píncepes mas... depois acaba a história =D
beijocas

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930