Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pior sonho ou melhor pesadelo?

por Closet, em 18.02.09

Há sonhos que nos perseguem obsessivamente, de tal forma que se tornam verdadeiros pesadelos. No início são agradáveis, inofensivos, relaxantes, divertidos. Mas com o passar do tempo vão-se tornando descontrolados, viciantes, incómodos, irritantes. A sua suposta transparência transforma-se numa névoa gigante confusa, como uma areia movediça que nos puxa e sufoca. É nessas alturas que nos apercebemos que já não é um sonho, mas um pesadelo. Ainda que arrebatador, aparentemente atraente, ele consome lentamente a alma e aperta o estômago. Então queremos acordar daquele estado inconsciente, para constatar que era apenas um sonho, ou um pesadelo. Para sentir que temos poder sobre ele, que ele não comanda a nossa vida e o nosso humor. Tentamos constatemente fazer restart.

Às vezes passam-se dias sem nos perturbar, e num misto de ansiedade e loucura, paira sobre nós a agradável sensação de estar a salvo, uma leveza infinita percorre-nos ingenuamente o espírito. Gozamos por segundos minúsculos o paladar da independência, ainda que perplexos e desencantados com o vazio que nos deixou.
Até que o sonho volta novamente, a avivar a nossa mente, a lembrar pormenores esquivos e controversos que lutamos por apagar. Cada vez mais completo e definido, ele vem furtivo para nos torturar. E mesmo assim, há dias em que inexplicavelmente não queremos acordar. Queremos fugir, queremos voltar, queremos vivê-lo sofregamente, e, em simultâneo, conscientemente não o queremos aceitar. Porque é inviável e absorvente, instintivo e brutal. Mas é um sonho, definitivamente o pior sonho ou, talvez, o melhor pesadelo que poderíamos sonhar.
 
Adoro estes dois, adoro esta música...

 

 

 

The Scientist - Colplay

Come up to meet you, Tell you I'm sorry
You don't know how lovely you are
I had to find you, Tell you I need you
And tell you I set you apart
Tell me your secrets, And ask me your questions
Oh let's go back to the start
Running in circles, coming tails
Heads on a silence apart
Nobody said it was easy
It's such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard
Oh take me back to the start
I was just guessing at numbers and figures
Pulling the puzzles apart
Questions of science, science and progress
Do not speak as loud as my heart
And tell me you love me, come back and hold me
Oh and I rush to the start
Running in circles, Chasing tails
Coming back as we are
Nobody said it was easy
Oh it's such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be so hard
I'm going back to the start

publicado às 23:25


4 comentários

Sem imagem de perfil

De miúda a 19.02.2009 às 00:43

porque os sonhos nos fazem.
sejam pesadelos ou imagens doces e consumistas de um inconsciente necessitante de emoção... interessa que é impossivel não os ter, que é impossivel não os desejar, não os ansiar e querer senti-los de novo na pele. seja qual for a natureza deles revelam o que de mais intimo existe em nós não discriminando sonhos, desejos, ansiadades, paixões ou medos, tudo num turbilhão constrastante saido de uma mesma alma e de um mesmo pensamento, que vai de encontro ao que tantas vezes tememos assumir.
beijo***
Imagem de perfil

De Closet a 19.02.2009 às 20:59

ena... que inspiração! estou a sonhar ou também tens destes pesadelos??!!
Todos temos, e ainda bem ,-)
Beijinhos
Imagem de perfil

De mafalda a 19.02.2009 às 14:14

olá.
mas que post tão profundo!!! :)
pela minha experiência, o sonho transformou-se num pesadelo mas num daqueles pesadelos que assustam! passo a explicar: ao princípio era giro sonhar com aquela pessoa mas depois, quando acabou, não achei piada nenhuma ao facto de continuar a sonhar com ele, ainda por cima quando esses sonhos/pesadelos pareciam tão reais! mas cada caso é um caso ;)
ah! também adoro esses dois e essa música ;)
tens um desafio e um miminho no meu blog!
beijinhos.
Imagem de perfil

De Closet a 19.02.2009 às 21:02

Devaneios, devaneios... saem-me sem autorização!
Bom, no teu caso, esse era mesmo um pesadelo que te perseguia!
Obrigada pelos mimos! Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728