Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu quero é voar

por Closet, em 31.08.11

 

Hoje acabei o curso intensivo de Poesia e... foi intenso!

Escavei memórias antigas, escarafunchei feridas, sangrei dores abafadas, angústias de sonhos perdidos.

Versifiquei as maiores estranhezas e complexidades, labiríticas de sentido, inexplicáveis. Algumas ainda estou confusa a pensar nelas, como sairam impulsivamente em " têm 5 minutos, 5 minutos" fragmentos de letras inquietas por decifrar.

Escrever é para mim isso mesmo, um estado intermédio entre a espontâneidade do sentir e a necessidade de compreender e pensar. 

 

Ao contrário do que esperava o curso foi conduzido num vazio de temas, apoiado em ideias desconexas, palavras e frases soltas, imagens, música, cheiros, tacto.

Rompeu barreiras pré-concebidas, chocou-nos com intensidades, fez-nos voar distante e ficar por lá a planar.

Averbei substantivos, denominei verbos, criei imagens como "mentol bafiento queimado a bronze" ou "a textura consciente das amarras".

Contrariei signos, brinquei com significandos e significados. Num jogo de palavras surgiram aquilo a que chamarei poemas, quando os reescrever, depois de os compreender, depois de os pensar.

 

Por agora vou descansar das "feridas" e dos sopros do passado.

Bem sei que dormir é coisa rara para mim, deixo para o comum dos mortais! Mas acima de tudo, confesso que apetece-me dar umas boas gargalhadas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:58


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031