Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mapa sem destino

por Closet, em 28.05.11

  

 

 

Desenhou-lhe o mapa a caneta no papel. Rabiscou como ele sabia. Tracejou a direcção com setas, indicou-lhe a estrada por onde passava, as rotundas onde virava e onde saia.

Ela entrou no carro e seguiu o mapa sem hesitar. Mais pelo instinto do desejo, do que pela precisão do desenho que levava consigo. A noite não a assustava, nem os atalhos desertos, ou a escuridão das estradas que percorria.

 

Hoje é apenas um mapa perdido num caderno. Encontrou-no numa mala, largado entre folhas arrancadas, abandonado, como a razão daquele caminho sem sentido. Ainda o guarda, mesmo sabendo que nunca mais a levará ao mesmo destino.

Não se permite questionar o porquê. Os mapas não têm explicação, são caminhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:53


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2011

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031