Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quebra

por Closet, em 30.12.10

 

 

Há dias em que me sinto cansada da vida, ou de mim, não sei bem. Talvez não consiga dissociar uma coisa da outra. Sinto-me farta, só isso, e o acordar torna-se pesado, como se tivesse de carregar um camião nos braços. Como se o chão me fugisse ao andar. Fecho os olhos novamente e penso "ainda não, mais um pouco" na esperança que o sonho seja a vida e a vida o sonho. Tal é a confusão que por vezes nem sei bem.

Ergo o corpo exausto e acredito estar a sonhar. Arrasto-me até ao banho onde a água, demasiado quente, queima-me a pele libertando um vapor onde não me encontro. Um nevoeiro onde não vejo nada e sinto-me bem. Há ali apenas água a ferver, que escorre do meu cabelo pelos ombros, percorre o meu peito e as costas. Há naquele queimar um ritual de um despertar forçoso. Do dia que grita lá fora. Da rotina frenética que me espera em vão. Abro os meus sentidos lentamente. Habituo-os à luz, ao barulho, ao sabor... e caminho em frente. Hipnotizada. Sem parar. 

 

Tags:

publicado às 14:33


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031