Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Naufrágio

por Closet, em 22.09.10

 

Ele chegou de repente, sem avisar. Ela correu como louca para o encontrar.

Olhou-o nos olhos e não teve dúvida. Era ele. Sempre foi. Nunca o esqueceu. E o tempo que se perdeu, percorrido entre os dois, começou a afundar. Num oceano imenso, submerso de recordações.

Abraçaram-se, demoradamente. Esquecendo que à volta havia gente. Apertaram-se, para acreditar. O mundo ficou pequeno. Estavam juntos novamente. Olhos vidrados, a um palmo de distância. Sorriam sem falar. Sorriam de lábios rasgados. Não existiam palavras para explicar. Eram tão minusculas para tudo o que se estava a passar.

Mãos agarradas uma na outra tacteavam o destino, o que fazer a seguir. A um palmo de distância os olhos não conseguiam mentir. Engoliam em seco, de coração na boca, de lábios sedentos por se tocar. Talvez um , só um beijo quente, lento e doce. Envolto num abraço apertado que a deixa a levitar. Ele beijou-a, como sempre fez, de uma forma louca e um brilho no olhar. O chão tremeu violento, as paredes começaram a abanar. à volta um mar revolto. E naquele naufrágio, para sobreviver, ela teve de acordar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31

Oro..quê?

por Closet, em 22.09.10

Há dias em que nos sentimos em baixo... eu confesso que ultimamente me tenho sentido particularmente em baixo...

Por isso hoje, num daqueles acessos de fúria, lancei-me para o mais óbvio - se não podes mudar o interior, tenta pelo menos o exterior - e lá fui eu para o cabeleireiro.

Não que considere o local especialmente aprazível... na verdade tenho uma espécie de alergia aqueles locais onde gasto 2h30 do meu tempo e ainda tenho de pagar por isso... Mas pronto, confesso que no final sinto-e melhor, mais arranjadinha e de cabelo LISO...isso sim, gosto!!

Engana-se também quem pensar que frequento sempre o mesmo cabeleireiro... nãaaa.... até prefiro não conhecer ninguém para evitar aturar aquelas conversas tipicas de novelas mexicanas (bom, elas conversam na mesma!) e vou sempre esperançada que me deixem sossegada a ler o livro e ouvir os phones.

Desta vez fui experimentar um cabeleireiro novo perto de casa, assim de decoração muito moderna, muito à frente, onde basicamente a montra somos... Nós (com pratas no cabelo, claro... coisa mai-linda!).

Mal entrei fui logo conquistada pelo recepcionista magricela que simpaticamente disse "querida, precisa de dar um jeito neste cabelo" pffff e arrematou com "Adoooooro esse seu telemóvel"... e pronto, lá aceitei ficar na sua bendita companhia até às 21h30 , mostrei-lhe todos os menus do meu telemóvel tão smart, tão smart que só não faz as coisas mais básicas,...adiante... fiquei, pronto.

Arranquei-lhe o telemóvel das mãos e fui sentar-me ladeada por duas "técnicas" que me enfeitaram o cabelo de pratas enquanto praguejavam a cada movimento que eu fazia "ah e tal não pode por os óculos, não pode ler, não pode por os phones.." grrrrr... meia-hora depois lá me deixaram empratada e tipo manequim de loja na vitrina a ler o meu livro sossegada.

Depois seguiu-se a lavagem e o tratamento de creatinina..WHAT?? Ok, ok, façam o que quiserem, venha lá dita substância pegajosa... e sem dar conta lá estava eu entre perguntas pertinentes sobre "onde é que comprou esses seus sapatos tãooo giros", conversas interessantes "que ainda tinha de ir e vir a Coimbra porque era bombeira voluntária e ía levar um utente, blabláblá"... e uma demonstração exaustiva sobre cuidados capilares e os produtos milagrosos para cuidar do cabelo. Sim porque o cabelo dela era isto e aquilo, assim e assado (era um pavor na realidade, ela devia ter miopia, mas ía acenando com meu ar mais enfadonho)... ahhgggg... cheguei a pensar simular um desmaio, ou algo mais dramático, mas tive receio que ainda me levasse também na camioneta dos bombeiros com o dito utente... seria demasiado embaraçoso sair dali com aquela "nhanha tinina" na cabeça. E isto tudo, veja-se, envolta em radares quentes tipo ovnis que pairavam à minha volta como holofotes... no delírio, cheguei a pensar se estaria a ter alucinações ou se aquilo era a 5ª Dimensão... 

Depois de tantas explicações sobre os champôs, cremes, óleos e seruns milagrosos da marca XPTO, lá acabei por levar um Oro...qualquercoisa que, ao que parece, faz milagres... "um elixir de beleza", "luxuria pura" e "deliciosa fragrância misturada com um toque de baunilha transporta-a à fascinação dos perfumes orientais"... este "transporte" pareceu-me bem, lá para os orientes... quem sabe!

Na verdade aquilo é um 20 e 1, faz tudo, tem vitamina E para fortalecer, tem óleo de linho para suavizar, proporcionando uniformidade e controlo... enfim... quase lhe perguntei se podia levar duas embalagens, e by the way espalhar pelo corpo todo e até quem sabe engolir um bocadinho... afinal aquilo dava-me jeito em várias partes do corpo, incluindo cá por dentro!! 

 

Anyway... estou blond ... Closet Blond :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:57


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930