Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Whatever Works

por Closet, em 14.03.10

Este fim-de-semana não me apetece escrever uma história para a Fábrica, não tive nenhuma ideia interessante sobre o tema que não seja um "manisfesto", e na verdade nem tenho uma opinião formada sobre o assunto ... pronto, sorry, não participo desta vez e desculpo-me com as dores de tendinites que me têm assombrado nos últimos tempos, e que me levarão amanhã ao ortopedista... mais a preparação das aulinhas de voluntariado na escolinha, amanhã sobre "a tomada de decisão"... by the way, excelente tema para mim... adiante, faço uma crónica das 5 aulas no fim !... e tenho andado um caco de trabalho e correrias... I'll survive! 

 

Fui ver dois filmes sobre esse fenómeno estranho que é ... amar!!

E se um dos filmes diz que amar é complicado, o outro assume que o que interessa é que funcione, sem mais complicações!

Confesso que pensava que o 1º era menos realista, depois de ter lido na sinopse que o amor é mais belo numa segunda oportunidade... tststs... será? bom, na verdade conheço um único caso que comprova essa possibilidade (e só talvez por isso acredito em segundas oportunidades) mas mais belo?? é um tema complicado...

Mas nada como ver depois o filme "Tudo pode dar certo" do Woody Allen, que definitivamente estava feliz e de bem com a vida no dia em que escreveu o argumento!!

"whatever love you can get and give, whatever happiness you can provide, every temporary measure of grace, whatever works"

Num ambiente de loucura contangiante, a lógica e o racional pouco coincidem com o amor e a felicidade. O mais importante nas relações é, acima de tudo, que "funcione" e nos traga momentos felizes... and so let it be :)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031