Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Paradise

por Closet, em 27.05.09

Hoje saí do trabalho às 21h. Na verdade pensava que eram 20h...é o que dá usar o relógio apenas como adorno, adiante. Os meus dias têm sido tão fantásticos por lá que só me lembrava da música do Phil Collins "Another day in the Paradise"..oiçam que já está aqui a passar...

Mas como sou optimista, vou-me repetindo "amanhã é outro dia", de sol brilhante, e de trabalho também infelizmente, vou repetindo "5%, só contribui 5% para a minha felicidade" e vou levando a coisa...

By the way, sair a esta hora proporciona-me experiências únicas. Os passageiros do comboio são de facto...diferentes.

Desde um teenager, acho que era "um" mas desde o episódio da gata que é gato já não afirmo nada... siga, o teenager tinha um cabelo loiro comprido e estupidamente volumoso e penteava-se alegramente em frente ao espelho "leia-se vidro" com uma escova maior que a cara dele...confesso que fiquei intrigada se aquela criatura andava sempre assim com aquela arma em punho tal e qual taco de baseball...

E a contrastar com aquele miudo...hum...moderno... havia uma senhora de lenço na cabeça qualquer coisa muito apropriada a...uma vidima ou na apanha da azeitona, sei lá...ocorreu-me isto...bom, mas folheava qualquer coisa que se chamava "sentinela", whatever it means...

Mas havia mais...pois o espectáculo custa 40€/mês mas vale a pena!

Havia um rapaz de vinte anos, mais ou menos, com patilhas até ao queixo, uma tatuagem de uma teia de aranha a rodear-lhe o cotovelo e, a completar o ramalhete, um chapéu de palha amarelinho...bem ao estilo Quim Barreiros...

Para equilibrar a carruagem, em Algém entrou alguém que, sem sombra de dúvidas, está convencidíssimo que é Jesus Cristo. Não frequenta o cabeleireiro há, pelo menos, 5 anos, e benzia-se de 5 em 5 minutos...esbocei-lhe um sorriso, just in case...

E, claro, já me estava a esquecer da criatura que estava sentada a meu lado,, um sujeito branco cal, que olhava para um calhamaço com caracteres japoneses...

De onde estas criaturas sairam eu juro que não sei...mas foi obviamente com muita pena que abandonei o comboio em Oeiras... Na verdade, e depois desta experiência magnífica, o facto de ter de andar 300 metros numa rua ás escuras tal e qual videoclip Triller (a cãmara de Oeiras gosta muito destes apagões), não me impressionou nem um pouco...nem mesmo depois de ter acabado de fazer um teste ridiculo sobre "que personaje de terror eres?"... bem, dei-me "brujaa"...há-de servir para alguma coisa:)

Crazy world...é também por estas que eu gosto de andar com saltos de cunha de 12 cm...de certa forma sinto-me a pairar, assim...sem os pés neste mundo de loucos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31