Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E se...

por Closet, em 07.04.09

Hoje enviaram-me fotos fantásticas de animais, confesso que ao ver esta lembrei-me logo de uma passagem que adoro do Livro do Desassossego 

"Que somos todos diferentes é um axioma da nossa naturalidade. Só nos parecemos de longe, na proporção, portanto, em que não somos nós. (...)" .

  

E se...

eu não fosse gata e tu não fosses cão

se fossemos da mesma raça, do mesmo clube ou religião?

E se eu ladrasse em vez de miar

será que em vez de marradas podíamos conversar?

Se sempre que eu te ouvir ao longe ou sentir o teu cheiro 

devo seguir o instinto e avançar sem receio?

E se este desejo louco nos fizer aproximar 

se eu não fosse gata deixavas-me ficar?

Nos teus olhos carentes eu sinto-me gelada

E se eu te dissesse que estou apaixonada?

Mas mundo cruel, eu sou gata e tu és cão

E entre nós há uma imensa confusão.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:16

Metediço

por Closet, em 07.04.09

Ele há gente metediça...

Ía eu sossegadinha sentada no comboio a abrir o iogurte líquido que trazia...e aquilo teimava em não abrir...tenho a certeza que aquelas embalagens foram inventadas por homens só para nos torturar...adiante. 

Estava uma criatura sentada na minha frente a ver o filme e, obviamente, a gozar o prato. Nos seus microscópicos neurónios abafados pela musculatura de quem passa o dia num ginásio, olha para mim com ar trocista e diz "quer que abra?"...Querem ver? Era só um iogurte, o Meu iogurte, e para abrir um iogurte não era necessário a força de um Hércules, que eu saiba...Obviamente disse-lhe que não. Um "Deixe estar" com a minha cara 27 de quem tem a absoluta certeza que está quase a conseguir algo. Quase. Digo bem. Porque a estúpida da tampa não abria e eu já me começava a sentir num vídeo dos Apanhados. O sujeito, que ainda era mais estúpido do que a tampa, ajeita o saco do ginásio no chão e estende a mão sapuda em direcção ao meu iogurte. "Get Off" Criatura insistente. Aquilo era uma prata, é certo que colada com cola-tudo ao gargalo do iogurte, mas era SÓ uma prata. Nem que eu tivesse de a arrancar com os dentes à frente de toda a gente e entornar o iogurte todinho por cima de mim, eu conseguiria...Aha! E consegui.´Na verdade rasguei a prata em 3 bocados e besuntei os dedos todos com iogurte..who cares? Levantei o sobrolho com ar vitorioso e beberiquei o iogurte com os óculos escuros e os phones nos ouvidos. Não way! Não queria conversa com aquela criatura insuflada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:56


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930