Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Poesia

por Closet, em 30.04.09

 

 

Recebi por e–mail um convite para divulgar e participar numa iniciativa do jornal www.portallisboa.net – o projecto do Portal Lisboa e da Chiado Editora, com o nome “Entre o Sono e o Sonho”, que vai arrancar agora com o II Volume  da Colectânea de Poesia Contemporânea.
Agradeço naturalmente a atenção e o elogio, e divulgo com todo o gosto todas as iniciativas desta natureza que promovam novos autores.
Quanto à minha singela participação…não me parece. Adoro poesia mas não considero que escreva poemas, ainda se fossem histórias... fica para a próxima!
E como elogiaram o contributo deste blog para a prestação de um serviço cultural à poesia e à literatura…upsss…devem ter confundido com o meu homónimo aqui da blogoesfera! Deixo aqui um poema que gosto.
“Como se houvesse uma tempestade
Escurecendo os teus cabelos,
Ou, se preferes, minha boca nos teus olhos
Carregada de flor e dos teus dedos;
Como se houvesse uma criança cega
Aos tropeções dentro de ti,
Eu falei em neve – e tu calavas
A voz onde contigo me perdi.
 
Como se a noite se viesse e te levasse,
Eu era só fome o que sentiria;
Digo-te adeus, como se não voltasse
Ao país onde teu corpo principia.
 
Como se houvesse nuvens sobre nuvens
E sobre as nuvens mar perfeito,
Ou, se preferes, a tua boca clara
Singrando largamente no meu peito.”
Eugénio de Andrade
Bom fim-de-semana a todos! Volto 2º feira…deslumbrantemente bronzeada…I hope ;-)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

que se lixe

por Closet, em 30.04.09

Já está espalhado pela cidade o novo mupi da revista Happy. Diz "Vivo um dia de cada vez" ou "um dia depois do outro" whatever...confesso que estou com um bloqueio cerebral neste momento, mas a ideia é esta. E Eu concordo. E fui comprar a revista.

Na verdade o que me assusta mais nesta minha vida de adulta e de mãe é, sem sombra de dúvida, ter de planear coisas... Sempre gostei do imprevisível, da aventura do desconhecido, de andar ao sabor do vento e da doutrina do "logo se vê"...sabe-me bem não programar, viver o presente e decidir o que me apetece aqui e agora sem pensar no que vai acontecer no dia a seguir... claro que nem toda a gente compreende esta minha faceta...a começar pelo meu pai que me fez programar uma série de coisinhas na minha vida para... eu poder fazer outras que me apetecia. sim, sim, chantagem eu sei :)

Mas voltando à revista, o tema que inspirou o mupi tem como título "Fuck it" e está traduzido com a expressão "que se lixe"...que aliás é uma expressão que eu uso bastante, inglesmente falando e influenciada por um amigo meu "who cares?"...Parece que há um livro sobre este tema (Fuck it de John C. Parkin, Estrela Polar) que ensina um novo modo de encarar a vida, não a levando tão a sério, relativizando as coisas e vivendo intensamente sem bússola "deixe a vida acontecer e verá que terá inicialmente a sensação de perder o juízo, o controlo, mas não." Bom...eu não vou comprar o livro, sinceramente acho que não preciso, já sou suficientemente louca :P mas deve ter lá umas dicas giras... por exemplo "que se lixe o dinheiro" bastante apropriada nesta altura de crise, e "que se lixe o tempo" que faz todo o sentido, por mim não existiam relógios! By the way, hoje em vez de viver um dia de cada vez, vivi dois dias de uma só vez, e até agradecia se o relógio me contemplasse com duas 9 horas... isto porque foi a comemoração do dia da mãe na escolinha e eu tive de me desmembrar em duas para estar na sala do 2º ano e na sala dos 3 anos... bom, lá fui saltitando de um lado para o outro, e ainda consegui recortar uma boca para uma mãe gigante e pintar uma capa, e by the way pintar-me a mim mesma e às minhas calças... who cares?? Foi giro e lá estava o meu desenho de mommy pregado na parede...sem nariz nem orelhas...na verdade os braços saiam da cabeça,, mais precisamente dos ouvidos...e só tenho 3 cabelos... ok...é o meu Picasso!

Voltando ao tema...concordo com o autor...devemos gritar bem alto de vez em quando "que se lixe"...para usufruir da simplicidade das coisas. "Viva e saboreie os bons e maus momentos, são seus, da sua responsabilidade, resistir será criar bloqueios, deixe fluir a vida." Nem mais!

Eu vou fluir...e é já amanhã. Vou passar 3 diazitos com um grupo de amigos ao Algarve, tentar apanhar um sol na praia e na piscina (sim, sim...o sol que há-de vir...oh God...até já pensei fazer uma sessão espírita para comunicar com o São Pedro...)...e tentar ...descansar...ou não...afinal são cerca de 10 criancinhas, as usual ;-)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:38

2nd chance

por Closet, em 28.04.09

 No Sábado estive a rever o filme Before Sunset.

Adoro aqueles dois e os diálogos com que se atropelam um ao outro durante o filme. Dá que pensar sobre o destino, ou a ausência dele.

Passaram 5 anos e eles reencontram-se, por ironia do destino na livraria preferida dela, onde Ele vai publicitar o livro que escreveu sobre Ela... Por destino, eles não se encontraram há 5 anos atrás, por destino eles não se esqueceram. E questionam-se sobre a sua vida, será que  a pessoa que idealizaram estes anos todos existe? será que se iriam fartar um do outro depois de uma semana juntos?? 

Se há  anos atrás se tivessem reencontrado...Será?? Como ela diz, o amor romântico é o contrário da realidade...

 

Foi uma noite

uma noite carente suspensa no tempo

o tempo que se esvai pelo fino gargalo de uma ampulheta.

Uma única noite, despida, fria, a dois

que podia ter sido o início, foi o fim

podia ter sido a primeira, hoje, amanhã e depois.

Mas foi apenas "a" noite, aquela,

para sempre envolta em sonhos e deambulações

idealizada, apetecida, fantasiada

enterrada no baú de recordações.

E se tivesse existido outra noite?

Ela tortura-se, imune ao novelo de contradições

Que importa se ele é uma fantasia da sua mente?

Se foi apenas "uma noite" qualquer, igual a tantas outras.

Se ele não a quer mais, se lhe é indiferente.

Ela sabe que ele vive em memórias.

que não existe,foi retirado do seu livro de histórias,

um produto ficcionado pela sua imaginação.

tão irresistível como algodão doce,

tão saboroso como cacau quente,

tão confortante como chá de limão.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Foi assim...

por Closet, em 27.04.09

E foi assim o Domingo com a criançada. Boa disposição a bordo de um autocarro repleto de olhinhos vivaços ansiosos por brincadeiras e aventuras. O S. Pedro ouviu as nossas preces e poupou-nos da chuva, já o vento... não fosse este belo corpinho com um peso simpático e estou em crer que voaria pelos montes!

Tiro ao arco, escalada, peddypaper, pontes himalaias e slide. E almoço e lanches e festas de anos...... Ok, ok, eu só fiz slide (e provei vários bolos, pronto, temos de nos dividir), mas ainda estou fraca no pulso...e bom, estava à conversa, dei força psicológica, shame on me! mas para compensar os meus filhos fizeram tudo e o caçula de 3 anos não pára de pedir para fazer slide outra vez!

Chegámos estafados às 20h, com a vontade latente de repetir "para o ano é um fim-de-semana"...eheh. Foi, é sempre, muito bom... até puxa a lágrima ao canto do olho, como dizia o monitor, pois há vida para além da escola e os pais também são amigos e compinchas de brincadeiras.

 

Sim, sim...sou Eu, moi même, a descer em grande velocidade pelas colinas... sorry não estar de frente mas acreditem que o dito capacete, a par com o vento que teimava em me despentear mais ainda, e o maravilhoso arnês a delinear-me o rabo...não me beneficiavam nem um pouco...no way! Na verdade, uns 2 quilitos a menos também não me fariam mal...

 

Pssst...agora só falta ensaiarmos o Mamma Mia para a festa do final do ano...  com direito a esquema de dança, fatiotas e afins, mai-nada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59

...mas moi

por Closet, em 23.04.09

No meio da minha vida atribulada (e agora que já tenho o papy em casa, em minha casa, ele é dia sim, dia não, médicos, centro de saúde, pontos, pensos, and so on...mas estou feliz com ele perto e bem!) arranjo sempre tempo para um monte de actividades com as crianças.

Para  além dos inúmeros programas culturais e de lazer com os nossos amigos à la longue, arranjei um grupinho de verdadeiras amigas, mães dos colegas do meu filho... ah pois claro, é o meu lema de vida "os amigos nunca são demais"...acho que até na morgue vou arranjar alguns, até me imagino a meter conversa com um morto "É pá tu estás em mau estado... passou-te um camião por cima?", eheh! 

Com estas minhas amigas vamos organizando programas ao fim-de-semana com a criançada: ora passeios, ora jantares, ora pic-nics, ora dormidas em museus, ora workshops de fotografias, ora ídas à praia...whatever...

Este fim-de-semana vamos ter o Big Evento da turminha. Somos um grupo de 54, pais e filhos, e vamos até ao Cartaxo numa camioneta alugada, com bonés amarelos estampados de macacos (oh God, fui eu que inventei os bichos!), fazer slide e peddy papers. Mai-nada!!
Claro está, com o meu galhardete de simpática e relações públicas calha-me sempre a organização. E até não me importo, até gosto, mas este ano tive un petit probleme... é que temos um seguro e... é preciso as datas de nascimento dos participantes...

Pois que a idade é o meu calcanhar de Aquiles...pois que fico a espumar quando descubro que um pai ou uma mãe é mais nova do que eu... QUÊ?? não acredito?? e lá fico eu a ruminar sobre a minha idade avançada...na verdade nem estou com vontade de sorrir para um casalinho de pais que é mais novo do que Eu...é que não parecem, eles até são um bocadinhozinho estranhos e calados, e na verdade eu sou a única que falo com eles..mas agora nem me apetece, pronto...shame on me!

Eu sei, eu sei...Não mata...mas moi!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13

Diva

por Closet, em 22.04.09

Cloudy enviou aqui uns selitos que by the way, não fica aqui nada mal. O daqui de cima vem com as seguintes regras:

 

1) Linkar o blog do criador de selinho: Diva's Vogue e Diva's to you

 

2) Escrever 3 atributos que me fazem sentir uma Diva

hummm... coisa difícil...

- Usar sempre saltos altos e unhas pintadas LOL

- Ignorar magistralmente criaturas enfadonhas que se cruzam comigo no dia-a-dia :)

- Ser considerada a mulher mais linda, excelente cantora e dançarina (votação restrita aos meus filhos, claro!) ... what else?

 

3) Passar este prémio a 5 pessoas

miuda, 'Na, Umdiadepoisdooutro, Miss G, Lara... estão convidadas... e como diz pessoas...vá...avancem minhas amiguinhas, arrangem lá uns Nicks giros e escrevam aqui 3 coisinhas, não custa nada, é só carregar no "comentar", e mostrem lá a Diva que há em vocês!!

 

Um beijo dourado especial para a Cloudy e para todas vocês... CHUAC!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57

Arco-iris

por Closet, em 21.04.09

Clara tem pele clara, cabelo comprido castanho e uns olhos cor de mel. Do seu lugar, por detrás de um monitor, estremece sempre que o elevador se abre às 9h30.

David é alto de cabelo loiro desalinhado e olhos grandes azuis. Chega sempre às 9h30 despreocupado e estreme quando a vê.

Clara é casada, tem uma filha e uma vida comum, organizada, onde ainda não encontrou um lugar para David.

David namora há 7 anos, vai casar e tem uma carreira profissional de sucesso. Ainda não consegiu descobrir um lugar para a Clara.

Ambos trabalham no 5º andar de um edifício com mais de 400 pessoas, na multidão às 9h30 cruzam olhares de pânico apetecidos.

Clara encontrou em David um novo motivo para sorrir, para se sentir  viva e bonita, David encontrou em Clara a força para vencer, a auto-confiança e a segurança.

Encontraram-se os dois sem perceber, desprovidos de tempo e espaço. Vidas cruzadas, ocupadas, perdidas, pelo destino embargadas na alfândega da vida.

Clara e David já foram um só, num fim de tarde sem sentido. Os lábios atrairam-se magneticamente e os corpos à deriva naufragaram um no outro. Num segredo contido, a felicidade trazia um travo amargo consigo.

Separaram-se. Continuaram as suas vidas perdidos.

Às 9h30 ela ainda estremece quando o elevador se abre. Ele ainda estremece quando os seus olhos se cruzam com os dela no caminho.

Estremecem e aquele breve momento é como um arco-iris. Num dia de chuva, um crepusculo de cores invade um céu cinzento e triste, a sensação que é efémero, vai desaparecer a qualquer momento, mas é tão bom enquanto dura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:33

Bill

por Closet, em 21.04.09

A internet tem coisas giras.

Esqueçam o LinkedIn, o Facebook…(oh God a confusão que já arranjei graças ao não-amigo-que-eu-sem-querer-convidei, e que por sinal tem um nome de guerra estranho, e que ainda convida os meus amigos para serem amigos dele também…siga)…
Para colocar aqui o radiozinho, inscrevi-me no mixpod, whatever it means, que encontrei algures num blog… e já está cá o dito rádio…Yes!
Juro que não convidei ninguém, nem mesmo coloquei lá mais nada do que a informação obrigatória…que infelizmente inclui a idade…hoje fui lá abrir aquilo e...não é que já tenho lá um Amigo?? Just me!
Alguém conhece o Bill?...Bom, nem eu. Mas parece que ele é meu amigo, ou pensa que é…. Confesso que só me fez lembrar o filme da Uma Thurman Kill Bill…by the way, o rapazinho ficava bem no papel…
O Bill tem 25 anos, tem dois cães e vive em Troy, USA. Tem um ar estranho, é um facto…mas nunca fui preconceituosa, cada um é como é, desde que seja feliz e me deixe ser como sou…tudo bem! Deixo lá ficar o Bill na minha página, na verdade também não sei como retirá-lo…
Anyway, o Bill tem … 2.296.286 amigos por ali… o rapaz é virtualmente comunicativo, tenho de admitir. Todos os dias faz invitations, updates, discussions, is now friend of… é uma canseira acompanhar o seu ritmo cibernauta.
Mas mesmo tendo gostos musicais esquisitos, tem uma frase que gosto
Where did all the passion go?
Eu juro que não sei Bill, mas vou procurá-la para ti!
E com esta ideia em mente, lá anda ele a adicionar-se a meio mundo à procura da dita paixão… pour guy… shiuuuuu…espero que não encontre este Blog…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53

O outro lado

por Closet, em 21.04.09

Encontrei este poema e...gostei.

Porque existe sempre um outro lado para tudo, uma nova perspectiva, uma segunda oportunidade, um tentar de novo... e ainda bem!  

 

"O outro lado das coisas 

 

As palavras são fundantes?

Também desagregam.

O amor cega?

Também revela.

O ódio destrói?

Também liberta.

A dúvida paraliza?

Também inspira.

A coragem é altruísta?

Também é soberba.

O medo atrapalha?

Também protege.

A vida é tragédia?

Também é gloriosa.

A morte é o termo?

Também é o recomeço."

João Melo

 

 By the way, já coloquei aqui outras musiquinhas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:06

Assim...muito à frente

por Closet, em 20.04.09

Sou teimosinha... ah pois sou... e como meti nesta minha cabecinha loira que ía por aqui um radinhozinho a tocar... voilá! Já está!

Muito provavelmente inscrevi-me numa daquelas redes de cibernautas que andam por aí, muito provavelmente vou ter uns e-mails esquisitos de pedidos de amizades e afins...pffff...I don't care! Tenho aqui o radiozinho, essa é que é essa... mai-nada! Quem não gostar... sorry, carregue nos 2 tracinhos que faz "pause"... espectáculo, assim ... muito à frente!

Escolhi "Bad shape" dos Keane porque é como me sinto hoje, com uma crise alérgica de sinusite (alguém fale com o São Pedro que eu já lhe estou farta de mandar telegramas a pedir SOL e CALOR, quero usar sandálias, quero ir à praia, quero ... ok, adiante) ... e estou rouca, não consigo dizer duas frases seguidas... e quem me conhece sabe que para mim isto é ... um drama ... paciência!

Amanhã mudo a musiquinha ... se conseguir, claro :P

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930