Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




5 viagens loucas

por Closet, em 28.02.09

Depois de um dia de chuva (again??) que não parei em casa incluindo uma visita dolorosa ao hospital..., e já lá vai metade do fim-de-semana... pensei: se pudesse enfiava-me num foguete e ía até á Lua! Já que ando barra na constelação solar, um tema que me esclareceu de vez uma série de dúvidas nos últimos tempos... adiante!

Pegando na ideia da Mafalda, why not?, não resisti a inventar um desafio cujo tema é "5 continentes, 5 viagens loucas"

(imagem retirada da internet)

Consiste exactamente em escolher uma viagem por continente que gostaríamos um dia de fazer e dizer para quê. Vá...digam lá se não dá para puxar pela cabecinha e dar um lamiré no nosso mapa mundo?? Estuda-se um 'cadechinho de geografia ;-) sorry

Aqui vão as minhas 5 viagens loucas:

Ásia: Um dia vou ao Tibete meditar com o Dalai Lama

América: Um dia vou à Jamaica dançar reggae na praia

Europa: Um dia vou à Noruega navegar num drakar dos vikings

África: Um dia vou ao Egipto procurar o corpo do faraó Khufu

Oceania: Um dia vou à Austrália adoptar um canguru

Pronto! E passo o desafio que, acreditem, tem o seu quê de cultural!! Eu aprendi umas coisitas na Wikipédia :)

Mafalda... é especial para ti, dá largas à imaginação ;-)

Cloudy... lugares com muitos animais e outros que tais!

´Na... onde não haja maluquinhos, de preferência...será que existe??

Umdiadepoisdooutro...locais com muita musica??

MissM... sol, muito sol??

miuda... onde o gelo derreta de uma vez ;-)

Cobradeira... onde não vá a chorona de preferência =)

Lara... onde as tuas storys se possam realizar!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:12

6 Sabores (desafio)

por Closet, em 28.02.09

A minha amiga Mafalda deixou-me este desafio, e por ser inventado por ela ainda lhe achei mais graça e claro que o faço, confesso até que já estou tentanda a lançar um.. ideias não me faltam =D

Pois a ideia é revelar os 6 sabores preferidos, debati-me para não colocar chocolate preto em todos...  e aqui vão eles:

- Chocolate preto... pois está claro! com recheio de menta é algo divino.

- Gelado de chocolate negro da Carte D'or... é gelado, ok?

- Cerveja Bohemia... é um nectar dos Deuses

- Comida indiana, super hiper mega picante...sinto-me com os lábios da Angelina Jolie lol

- Tiramisu

- Frutos silvestres, adoro amoras e framboesas

Pronto... já está! Infelismente gosto de muitas outras coisinhas... a balança é que não!

 

Se se quiserem servir, terei muito gosto em saber os vossos apetites:

´Na

Umdiadepoisdooutro

MissM

miuda

Lara

 

PS: Querido MonkSP, este também é curtinho! Estou a habituar-te mal!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:14

Bem resolvidas

por Closet, em 28.02.09

Voilá! Não é psicóloga não senhora a nossa Mafalda, mas acha que faço parte do leque de Mulheres Bem Resolvidas... assim seja e que não estude psicologia, eheh!

As cores e a boneca até ficam bem aqui neste Blog, dá um certo charme, Merci !

Agora que me decidi a dedicar um tempito a descobrir como se põe aqui umas coisitas no Blog... sim, eu sou preguiçosa, mas quando quero chego lá ;-) vou aventurar-me a decobrir como ponho este selo assim de lado... mais uns mesito e lá estará :-))

Passo este mimo, of course, não o quero só para mim!, a todas as bloguistas do meu perfil.

Vejamos...

No amor... resolvo-me, bem ou mal, até demais, é de humores :P

No trabalho... nem por isso...mas conta apenas 5% para a minha felicidade

No Sexo... eu não me queixo, por mim estou bem resolvida ;-)

Seguro... tenho contra todos os riscos!!

Na Família... sou o ponto de encontro!

Amizade...todas bem resolvidas... ou quase todas :(

Baladas... sou mais rock mas também me resolvo bem com uns slows! Vamos dançar??

E se há coisa com a qual eu sou bem resolvida... até demais... e não está aqui neste selo, é com comida... quase tudo o que ingiro se transforma em celulite!!

Bom, mas para o meu amigo MonkSP não se zangar comigo... faço um break, e isto é tema para outro post!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

Runaway

por Closet, em 26.02.09

Sinto-me... fora de mim...

uma neura brutal

um grito sufocado

um gesto que quer rasgar e é amarrado

um olhar que quer penetrar e é esbarrado.

Sinto-me farta,

ridiculamente farta

de uma orbita cinzenta que abafa a minha cor

de vozes surdas que me perseguem

de ideias vazias e catatónicas ao meu redor

Sinto-me cansada, velha

de neurónios ocos

de ouvidos entupidos

pensamentos loucos

quero explodir, 

pintar, escrever, vaguear

quero recomeçar tudo outra vez..

 

Não se assustem... não vou acabar com o blog, nem me vou atirar da varanda do meu quarto (é uma vivenda... o mais certo era partir outro pulso, no way!)... foi só um desabafo! 

Só estou a precisar de gozar os meus 25 dias férias, de preferência seguidos...só isso... confesso que saí do trabalho tardíssimo com um único desejo em mente: "quero um par de sapatos", please... se não fosse a boleia de um colega tinha-me estatelado na secção de sapatos do Corte Inglês... mas já passou, mesmo sem chocolate preto em casa...já dancei o ursinho Gummy e senti-me incrivelmente útil e satisfeita...amanhã é 6ªfeira, YES!

Sorry, nestes dias gosto de ouvir esta música, by the way tenho a pseudónima (a gata) em cima de mim!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:18

6 características (desafio)

por Closet, em 25.02.09

Mafalda passou-me mais um desafio, e lá se vai arranjando tema para conversa por aqui! e como tudo nesta vidinha de doidos tem... regras e são eles:

- identificarmos as seis características que melhor nos definem

- linkar o amigo blogueiro que nos desafiou

- passar o desafio a outros seis e informá-los do mesmo, como das regras.Claro!

1) Sou Simpática

Ninguém me tira este galhardete. Sou mesmo assim, nem me esforço muito. Tenho a mania de gostar de toda a gente e encontrar qualidades na criatura mais imbecil... just me! Podem-me chamar facilmente de Simpática, mas acredito que sou assim porque sou bastante tolerante, aceito as pessoas como são e adapto-me o melhor que posso a elas... falta de personalidade? Acho que não. Talvez maleabilidade.

2) Sou de Humores

O que hoje me faz rir à gargalhada, amanhã faz-me chorar se não estiver para aí virada . Acordo rabugenta mas segundos depois estou a cantar Bryan Adams com os meus filhos. Hoje gosto do preto e não gosto do branco e amanhã pode ser exactamente o contrário, e ai de quem me chamar à atenção para isso!

3) Sou Distraída

Estava alí quem? Ela disse-me isso? Eu fiz isso? Quando? Jura?

Nunca apanho com nada, principalmente o mais óbvio... vivo no mundo da lua e passo (e faço passar) gafes terríveis... há pouco tempo surripei uma malita numa esplanada a pensar que era de uma amiga, coloquei na nossa mesa e zarpei a pedir a minha comidinha... quem se lixou foi a outra nossa amiga que ficou na mesa sem perceber pevides perante o olhar irado da dona da mala!

4) Sou Teimosinha

Sou boa ouvinte, dou segundas oporunidades, dou o braço a torcer... mas quando enfio uma na cabeça...não adianta discutirem comigo porque sou de ideias fxas... podem falar à vontade que entra a 100 e sai a 200, faço o que quero, I don't care!

5) Sou Insegura

Acho que é o contrário de auto-confiante, que não sou nem um pouco. Substimo-me um pouco, e foi preciso uma psicóloga da escola do meu filho me dizer isso para o reconhecer... esta faceta evidencia-se na minha vida pessoal, nos estudos e no trabalho sempre fui segura o qb, apesar de me acusarem de não me saber vender... wonder why (e se alguém me compra??!!)

6) Sou Divertida e Amiga

É uma qualidade que todos apreciam em mim e faço questão de manter. Divirto-me a mim e aos outros com os meus disparates e alucinações. Rio-me de mim prórpia a toda a hora e não me importo, adoro rir e contagiar os meus amigos com a boa disposição.

 

Pronto e passo o Desafio às minhas queridas

'Na

miúda

MissM

Umdiadepoisdooutro

Cobradeira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:57

Endorfinas

por Closet, em 25.02.09

Tenho dedicado ultimamente especial atenção à necessidade de produzir endorfinas.

Para além do chocolate preto e da comida indiana picante que adoro, tenho-me esforçado por arranjar outras formas que proporcionem igualmente sensações de prazer e bem-estar e que não impliquem exactamente ganhar peso e celulite...que obviamente dispenso!

Hoje o dia foi rico na produção de endorfinas, isto se retirar claro o bocadinho das 9h30 às 12h30 e depois das 14h30 às 18h30.... wonder why?

Na hora de almoço levei um colega estreante à aula de RPM, ok lá fiz um abdominaizinhos antes para fazer-lhe companhia... mas confesso que tive receio que lhe desse uma travadinha e me caisse da bicicleta. É que é magro, perde peso com facilidade, quer engordar, bebe uns batidos energéticos mas só fica com barriga... bom, e ter alguém a pedalar ao meu lado porque quer ganhar peso é desencorajador... mas superou a prova e ainda nos rimos... parece que é mais virado para dançar salsa, sim, sim, disse-lhe que um dia ía com ele experimentar, assim...um dia... no way, não tenho muito jeito para a coisa...by the way, até já ando farta de danças muncho calientes... e à falta de mais companhia, lá o ando a convencer a vir experimentar o Body Combat que é mais o meu género  ;-)

Mas para que fique escrito, já não é a primeira vez que vou com ele, nem com colegas homens e ... despacho-me sempre primeiro...e ainda seco o cabelo, hein? ...será que estão a por creme hidratante? Quem disse que as mulheres são mais demoradas??? Quando queremos somos bem mais despachadas que eles: fazemos mais coisas, ao mesmo tempo, melhor e mais depressa, essa é que é essa! Mas pronto, não tenho uma única colega que frequente aquele ginásio :(

E terminei o dia numa massagem relaxante de 60 minutos. Um presente das minhas amigas que eu ADOREI, as usal!

Na verdade, basta um bom par de mãos e uns óleos para eu ficar nas nuvens. Adoro massagens e nunca me farto, mesmo sabendo que saio de lá toda besuntada. No fim ainda pergunta a terapeuta "Como se sente?"... Com direito a estadia prolongada se não se importa!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

Milky Way

por Closet, em 23.02.09

No MoMa perdi-me por este quadro que fotografei - Milky Way de Janet Sobel (1894-1968).
A Via Láctea é um disco em espiral constituído por 200 biliões de estrelas, ena ... tantas. Não é que perceba deste assunto, na verdade até é um ponto fraco que tenho, mas tudo nesta vida se aprende a gostar, a detestar, a compreender, a esquecer...tudo, incluindo 200 biliões de estrelas.
Fui investigar... e afinal ainda não se sabe ao certo como o sistema solar foi formado. Wonder why? Ao que parece, o Sol começou a brilhar quando o núcleo atingiu a temperatura suficiente para iniciar reacções de fusão nuclear. A radiação acabou por gerar um vento solar conhecido como "onda de choque", que espalhou o gás e poeira restantes das redondezas da estrela recém-nascida para os planetas que se acabaram de formar a partir de enormes colisões. Tudo resultou então de um choque. E existem oito planetas a vaguear à volta do Sol, uns sólidos, outros gasosos. E existem corpos menores que orbitam em torno dos planetas, os satélites. Grande partes destes satélites são apenas pedaços de rocha ou gelo a girar em torno de um planeta.
Passeei pela areia da praia ao por do sol e percebi que o sistema solar  dava um excelente tema de conversa. Em primeiro lugar porque a palavra planeta em grego quer efectivamente dizer astro errante, o que de certa forma, me sinto de vez em quando. E lembrando-me da minha paixão por pedras, confronto-me com a cruel realidade de que muitas das pedras que gosto à primeira vista, não passam de rochas ocas, desinteressantes, geladas... como a maioria dos satélites. Na verdade, sinto-me por vezes um planeta errante com satélites que me orbitam falsamente. Chego a pensar que são luas, planetas secundários, dou-lhes demasiada importância...mas, com algumas "ondas de choque", acabo por descobrir que afinal não passam de rochas ou gelo a girar ridiculamente à minha volta...
 
Bom.. vamos festejar o Carnaval ;-)
 

Castelos no ar - Rita Guerra

Hoje fiz de conta Que o mundo era meu
Quis pinta-lo alegre Como eu
Mostrar a toda gente O que estava a sentir
Como as coisas simples Nos fazem sorrir

Ninguém vê O dia a nascer
O amanhecer Ninguém vê
A vida acontecer

Nínguem faz castelos No ar
E não há quem queira Sonhar
Já ninguém pára P'ra ver em vez de olhar
Já não há Quem repare no luar

Hoje fiz de conta Que tinha o mundo na mão
Quis que não fosse um deserto De solidão
Toda gente corre Sem saber
E passa pela vida Sem viver

Ninguém vê O dia a nascer
O amanhecer Ninguém vê
A vida acontecer

Nínguem faz castelos No ar
E não há quem queira Sonhar
Já ninguém pára P'ra ver em vez de olhar
Já não há Quem repare no luar

Agora, lá fora O mundo não tem cor
Já não há

Mais canções de amor

Ninguém vê O dia a nascer
O amanhecer Ninguém vê
A vida acontecer

Nínguem faz castelos No ar
E não há quem queira Sonhar
Já ninguém pára P'ra ver em vez de olhar
Já não há Quem repare no luar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:13

Me? I'm Me.

por Closet, em 22.02.09

O sol voltou a brilhar e, inexplicavelmente, isso tem um efeito inebriante na minha vida, no meu humor e até nas minhas reacções mais primárias... Hoje passei parte do dia numa esplanada de uma marina a olhar os barcos e o mar. Sempre me imaginei a zarpar num barco para lugar nenhum, apenas navegar sem destino. Algo que, muito provavelmente, nunca irá acontecer, mas não me importo e continuo a guardar este sonho na minha caixinha de impossíveis. Por isso se chamam sonhos, não têm de fazer sentido ou mesmo ser realizáveis, talvez até perdessem a sua magia.

Enquanto os meus homens andavam de patins em linha e a "mumy não vai porque cai"... foi logo a constatação óbvia de uma criança sábia de 3 anos... eu fiquei deliciada na esplanada com um portátil a escrevinhar a história que tenho entre mãos para o desafio da Fábrica das Histórias... inspirada naturalmente, e com mais sardas também depois do sol que apanhei!

Numa pausa após o almoço, com os phones e ao sabor de uma imperial, dei por mim a rabiscar no meu caderno um casal de  namorados sentado à minha frente... shame on me, acho que não perceberam!

E, não sei porquê, lembrei-me do filme que vi na 6ª feira, Vichy Cristina Barcelona. Sempre fui fã do Woody Allen, principalmente dos livros, 5 estrelas para o "Sem Penas" e "Efeitos Secundários" que me acompanharam na adolescência. Voltando ao filme, fala inevitavelmente sobre as conturbadas e insólitas relações de amor. Na verdade encontro facilmente em mim um pedacinho de cada personagem. Desde as certezas completamente incertas e frágeis da Vichy; à incessante procura de Cristina por aquilo que realmente quer, mas confrontando-se irremediavelmente sempre com a certeza daquilo que não quer; à visão simplista, apaixonada e sedutora do amor pelo pintor Juan Antonio; ou à eterna loucura insatisfeita de Maria Helena. Um cocktail de emoções que demonstram que o Amor romântico é o amor impossível. Esse será sempre avassalador, corrosivo, sedante, inspirador. É com este amor que sonhamos, mas nunca o conseguimos viver. É o chavão do filme rematado pela Penélope.

A certa altura no filme a lindissima Scarlett responde a propósito de a questionarem sobre a sua suposta bisexualidade "Me? I'm Me.", com a insanidade própria de quem não compreende rótulos, alienada de quaisquer convenções sociais. A frase soou-me estranhamente familiar e ridiculamente perfeita. "Me? I'm Me" nada mais

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57

Curtinho

por Closet, em 22.02.09

Este Post é dedidado a duas pessoas... a primeira, e a razão de ser deste post, é o meu querido MonkSP que me pediu encarecidamente para fazer posts mais pequeninos, porque os lê numa corridinha da sua hora de almoço e... não gosta de deixar leituras a meio. 

Claro meu querido, tens toda a razão, eu vou tentar sintetizar as mil e uma ideias que me esvoaçam pela cabecinha, escrever menos do que falo e, sempre que conseguir, faço posts como tu gostas, curtinhos. Posso só dizer "Olá, beijinhos", que tal??ehehe Já sabes que esse é para ti.!Ou posso simplesmente fazer um break, dizer  que podem ir tomar um cafezinho e iniciar novo post ... sobre o mesmo assunto, so what? Bem... vou tentar amigo!

A segunda pessoa é a 'Na que foi ao Museu de Serralves e parece que gostou. Vi no site que tem lá artigos do Andy Marhol e lembrei-me do "Idea Book" que comprei dele no MoMa em NY. Um caderno em branco com alguns desenhos e frases dele pelo meio. Tinha intenção de escrever neste caderno textos que gosto, rabiscos, ideias,.. mas sempre que o abro não me apetece "corrompê-lo"... e lá vai ficando em cima da minha mesa de cabeceira à espera que me decida o que escrever ou desenhar lá dentro...

Das frases perdidas pelo seu interior gosto bastante destas que vou partilhar:

"Every minute in life is like the first minute of my life"

"What I like are things that are different every time"

"Everybody must have a fantasy"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

Fábrica de Histórias

por Closet, em 19.02.09

Continuando o texto da semana passada, com esforço consegui que os dois falassem!

 

Conversas

- Por aqui?
- Podia perguntar-te o mesmo.
- Eu sempre vim aqui.
- Mas já não vens há algum tempo.
- Como sabes?
- Tenho vindo várias vezes, caminho na areia e fixo os olhos neste puf onde nos sentámos. Nunca mais voltaste.
- Há recordações que devemos apagar. Gosto da tua sweat, estás... diferente.
- Obrigada, vou jantar com um amigo e tirei o fato. Apagar porquê? Foi um fim de tarde agradável
- Agradável, sim, e desconcertante também. Foi nesse fim de tarde que os teus olhos escuros me perturbaram. Olhaste-me de lado e ficou um silêncio incómodo. Parecia que me beijavam.
- Então fui um incómodo?
- Ainda és, enorme, gigante. Mas não tens culpa, fui eu que pressionei, que te beijei, devo merecer esse teu afastamento.
- Não me afastei. Simplesmente fomos até ao limite possível.
- Não me irrites...Não gosto de limites, não me interessam para nada...
Olhe, traga-me mais uma imperial se faz favor.
- O que não te interessa, passas à frente, dizes o que queres, só mais um mês e vai passar...é assim para ti.
- Já passou mais de um mês, já passaram vários, devo ter-me enganado. E então? Pelo menos fui sincera, disse que gostava de ti ali, naquela altura, naquele lugar, era contigo que me apetecia estar.
- Não disse tudo isso, mas abracei-te, afaguei os teu cabelo ondulado, segurei a tua cara, deslizei os meus dedos pelas tuas costas... tu quase não me tocaste
- Foram gestos mudos, estranhamente íntimos e cúmplices, mas nunca disseste o que sentias,... sempre pensei que te sou indiferente, estavas comigo porque aconteceu, porque.. pode ser...
- Pode parecer, mas o meu coração não é de pedra.
- Jura? Quem diria...
- Estás a exagerar..
- Talvez, mas já desisti de te compreender, de compreender sequer o que se passou. A vida não pára, embora eu estivesse disposta a parar a minha só para estar contigo mais uma ou outra vez.
- Para quê?
- Para tudo, tudo o que não queria e agora quero, já me habituei à ideia, não tenho medo nenhum, faço o que me apetecer, sem limites, entendes?
- E depois? Voltas para casa?
- Depois? Depois é futuro, logo se vê. Pensas demais.
- Tu também devias de vez em quando
- Dispenso. Quero ser feliz e se isso implicar um pouco de loucura eu arrisco, entro na nuvem mesmo sabendo que posso colher tempestades. Agora tu preferes fugir, fingir que não se passou nada, ok, tu é que sabes, sobrevivo.
- Não quero que sobrevivas, quero que sejas minha amiga
- Amiga? Estás a brincar? Os amigos falam... nós disparamos um contra o outro.
- E o que sugeres?
- Nada. Neste momento mais nada. Queria que nunca te tivesse conhecido, mas isso já não dá. Às vezes queria esquecer. Outras não. Sei lá?
- E se te convidar para vires a minha casa outra vez? Aceitas?
- Convites...teus? Seria... estranho. Mas acontecendo... não sei, experimenta e logo verás.
 
Texto escrito para a Fábrica de Histórias 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728