Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Desafio - Pecados Capitais

por Closet, em 20.01.09

Pecados... quem não os comete?

Este desafio veio da Cloudy só para ver se a malta se embrulha. Mas destes pecados não tenho eu medo, eheh, venham eles. Ora vamos lá às regras que a malta aqui é muito regrada. Consiste em avaliarmos a nossa pessoa, consoante os sete pecados mortais.

    Regras do desafio:
    o Revelar a nossa relação com os pecados capitais;
    o Nomear outros oito blogs para responder ao desafio;

 

Gula

Chocolate preto, gelado de chocolate negro da Carte D'or e chocolate preto.

Bom, também sou viciada em queijo, dizem que é péssimo para a memória, e às vezes dá jeito esquecer certas coisitas!

Avareza

Nem me imagino a cometer tal pecado, seria no mínimo... estranho! E dar, também é uma característica que tenho, às vezes dou até demais, mas enfim...

Inveja

Esta até fui ver o sinónimo ao dicionário, para não o confundir com ciúme ou algo do género. Mas não, inveja é mais desejar o que os outros possuem... e apesar do maridão me garantir que não sou, vendo bem esta descrição tenho um bocadinho de inveja de duas amigas minhas, uma vai de lua-de-mel durante 1 mês para a Nova Zelândia (não é pelo noivo, não descurando, claro) e a outra contou-me hoje que o namorado lhe ofereceu uma viagem à Tailandia, neste six-senses resortzinho triste. É ou não é de sentir inveja??? 

Ira

Bom... sou de humores... e quando amarro o burro o melhor é sair da frente que não sou fácil de aturar. Agora ira... assim cólera ou desejo de vingança, nãaa, é um bocadinhozinho demais, né?? Não sei estar muito tempo chatiada!

Soberba/orgulho

Aqui também não peco, se há coisa que eu me orgulho é de não ter orgulho, e nem acho isso mau de todo. Dou o braço a torcer as vezes que for preciso e não tenho qualquer problema em admitir um erro, o que quero, o que não quero, o que gosto e o que detesto, desde que saiba, claro! Isso de ficar com coisas atravessadas na garganta só porque quero ficar na mó de cima não é para mim. Levem a bicicleta. Que se lixe. I don't care. Sou feliz assim. E ser arrogante... no way, detesto essa espécie. 

Luxúria

Confesso que pensava que vinha de luxos e já me preparava para debitar sapatos, boinas, casacos,... mas fiquei encucada com a resposta da Cloudy e resolvi ir ao dicionário, é para isso que servem, right? Just me! Sendo assim... sensualidade à e tal... sei lá? não me considero nada disso....talvez os disparates devem ser a minha química perfeita...e umas ironias pelo meio, junto com as sardas e as medidas da Scarlet Johanson, claro!

Preguiça

Aí está o meu maior pecado capital, admito sem vergonha... sou mesmo preguiçosa, então se é algo complicado, em vez de enfrentar a fera é um "deixa andar" até ver e... até estoirar, claro. Depois volta à estaca zero, ou não volta. Não interessa. Sim... sou preguiçosa, pronto. Traz-me alguns problemas, confesso.

 

E as contempladas são (sorry, não tenho 8...é o que se arranja e a Dina arrumou com o Blog...):

´Na

miuda

umdiadepoisdooutro

 

Bom exame de consciência!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44

Paraíso

por Closet, em 20.01.09

Não é propriamente onde me sinto nos últimos tempos,... a bem dizer,... longe disso, até porque com as +30 sessões de fisioterapia que me passaram dificilmente chegarei a tal sítio tão depressa...adiante... já chorei baba e ranho ao telefone com a minha Best Friend e já passou... agarrei-me ao meu livrinho e resolvi partilhar dois poemas que adoro. Faz bem à alma, já que o resto anda de rastos, whatever...há-de passar, tudo passa desde que haja treino e motivação...right? 

 

«Paraíso

Deixa ficar comigo a madrugada

Para que a luz do sol me não constranja.

Numa taça da sombra estilhaçada,

Deita sumo da lua e da laranja.

 

Arranja uma pianola, um disco, um porto

Onde eu oiça o estertor de uma gaivota...

Crepita, em de redor, o mar de Agosto...

E o outro cheio, o teu, à minha volta!

 

Depois podes partir. Só te aconselho

Que acendas, para tudo ser perfeito,

à cabeceira a luz do teu joelho,

entre os lençois o lume do teu peito...

 

Podes partir, de nada mais preciso

para a minha ilusão do Paraíso »

David Mourão Ferreira

 

E como a vida é feita de recordações, agora o meu querido Cavafy.

 

«Retorna...

Retorna muitas vezes e possui-me,

querida sensação, retorna e toma-me -

quando a memória do corpo desperta,

e o desejo antigo me palpita na veias,

quando os lábios e a pele recordam,

e as mãos sentem como se tocassem.

 

Retorna muitas vezes, toma-me de noite,

quando os lábios e a pele recordam...»

Constantin Cavafy

"90 e mais quatro poemas"

 

 

Este videoclip é giro, uma praia e um por do sol é um paraíso para mim, o giraço também fica bem na paisagem ;-) e ultimamente sinto-me como ele em cima daquela rocha rodeada de mar... what else? enjoy

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:28


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031