Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tão rara

por Closet, em 21.09.08

Estive sentada na areia da praia a olhar para o fundo do horizonte, a contemplar o extenso mar à minha frente e a ouvir ininterruptamente o "dancing in my dreams" da Tina Turner (a minha inabilidade em lidar com simples tecnologias como um mp3 leva-me à preguiça de descobrir como as músicas avançam para a frente sem eu ter de carregar no botão, e dou por mim a ouvir a mesma música 20 vezes seguidas sem reparar...).

Passou um cruzeiro fantástico (hei-de um dia fazer um, tenho a certeza), ao longe vi vultos a dançar, a beber cocktails coloridos, e as luzes que piscavam à volta do barco tornavam-no quase divino,... Ao longe vi vultos a acenarem-me, parecia chamarem-me, convidarem-me a entrar... fiquei ali a olhar para eles, o barco parecia parado à minha espera,... levantei-me. Virei-lhe as costas e disse "ainda não". Olhei para trás a despedir-me daqueles vultos que já se afastavam minúsculos e tive a certeza que tinha tomado o rumo certo. Vim para casa. Tenho lá tudo o que preciso, (e não são LCDs!), são as pessoas que mais amo, e amá-las não é possuí-las, é desejá-las. Só se deseja aquilo que não se tem, de que se é carente. Amar não é ter um apelido, uma aliança no dedo, filhos em comum, não é ter um endereço de e-mail ou as passwords com o seu nome, se assim fosse seria tudo tão mais simples e não existiram tantos divórcios.. Amar é contemplar o outro, sentir falta dele quando não está, admirá-lo, estar perto dele mesmo quando fisicamente não se está e dar-lhe a liberdade de ser ele próprio para continuarmos a amá-lo. 

Já me alonguei mais do que pretendia.

 

Ontem tive uma festa maravilhosa de uma loiraça que será, daqui a 16 anos, a próxima Top Model mundial. Das 15h30 às 21h30 estive de vestido ás bolas e bandelete da Minie na cabeça, claro que o dress code foi só para mim (e para mais uma Minie de peluche e várias penduradas no tecto), mas desempenhei bem o papel até ao fim! Foi giro, algumas crianças olharam para mim de lado, outras vieram tocar nas minhas orelhas, a Lili Caneças apareceu por lá mas não me reconheceu... mas fui uma Minie à altura e até saltei à corda com as minhas sandálias de cunha! Adorei a festa amiga, o sms à noite soube bem mas era desnecessário, tu és uma mulher fantástica e mereces este Mundo e o outro, e todos adoramos estar contigo, nos bons e nos maus momentos. E ontem a tua princesinha estava linda e o dia foi excelente. Só te peço que para próxima me avises que o dress code é só para mim!!!

 

E quem disse que estava "zangado" comigo por ter acabado com o blog, dezangue-se, na nossa próxima festa sairá uma crónica à altura do varão, quero dizer, do acontecimento!!!

 

Vou voltar a escrever aqui alguns textos, os divertidos, os que me apetecer, mas mais de vez em quando. Se não se importarem!!

Beijos

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não pára...
Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
(...)
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta prá perceber?
Será que temos esse tempo
Prá perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:40


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930