Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Braço

por Closet, em 02.03.11

 

Dorme sereno enquanto ela fica a observar-lo. O corpo largado no quarto sombrio e triste. Percorre o braço macio até à mão. Entrelaça os dedos nos seus e aconchega-se a ele, mais um pouco. Respira o seu perfume amadeirado rente ao pescoço, como um incenso calmante. Pergunta-se se ele sente o calor do seu peito despido nas costas frias, a sua pele a roçar na dele, as pernas encaixadas como as peças de um puzzle. Será que sente que ela está ali? Será que ele está mesmo ali? Já não distingue a realidade da fantasia. Quando a noite incómoda impede-a de dormir, ganha fôlego no abraço que tacteia sozinha no escuro.

publicado às 00:16


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Março 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031